BEM VINDOS!

Este blog foi criado para troca de experiências na educação, em especial jogos, parlendas, adivinhas, cantigas e brincadeiras de roda. JBDuquia.

Amigos!

Amigos!

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Diversão com o nosso folclore


Post e acesso em 7/08/2013

JBDuquia
Jogos, brinquedos e brincadeiras.

Animações Infantis para estimular o aprendizado das crianças. Que tal uma sessão de cinema e depois jogos, desenhos, atividades da Smartkids sobre: brincadeiras brasileiras.
O nosso folclore tem muitas brincadeiras legais. Vamos conhecer alguma delas?
Acesse:

http://www.smartkids.com.br/desenhos-animados/brincadeiras-brasileiras.html

**********
**********
Adivinhas


*************
**********
Álbum do Folclore

******
*****
Atividades

Fonte:  imagens diversos Picasaweb












quarta-feira, 31 de julho de 2013

Dedoches


Dedoches para  se divertir e aprender
Post  e acesso em 31/07/2013
JBDuquia
Contar histórias por meio de bonecos é um costume que vem dos antigos indianos e egípcios. Hoje, há inúmeros tipos, como fantoches, marionetes e teatro de sombras. Mas nenhum é tão simples de ser feito como os dedoches. Parece coisa de criança? A designer Erica Jung, que cria esses fantoches de dedo inspirada em ícones da cultura pop, prova o contrário. “Meu público-alvo são os adultos. Eles compram como enfeite, mas acabam brincando”, revela. Veja como produzir seus próprios dedoches e divirta-se!
 
Texto: http://revistasorria.com.br/site/edicao/dedoches.php
Veja como produzir os diferentes tipos de dedoche que aparecem na foto acima
Com pernas Recorte uma foto ou desenho. Na base, faça dois orifícios pelos quais você enfiará os dedos, simulando as pernas do personagem.
 Fonte das imagens: 

2 De feltro Em um pedaço de feltro, contorne seu dedo, deixando uma margem de 1 cm. Recorte dois pedaços nesse formato e costure-os. Decore com tinta para tecido e pedaços de feltro colorido fixados com cola quente. 
    






Fonte:http://sonhoazularte.blogspot.com.br/2012/06/feltro-que-te-quero-feltro.htmlhttp://feltrosantistaecia.blogspot.com.br/ 


3 De pano Siga o mesmo procedimento do modelo anterior, trocando o feltro por pano.






4 De EVA Recorte um pedaço de borracha EVA, suficiente para envolver seu dedo. Junte as pontas com cola quente. Decore com outros pedaços de EVA e desenhos feitos com caneta.

Fonte: http://bebebrincando.blogspot.com.br/2011/03/dedoches-em-eva-animais.html
5 De origami Com uma tira de papel, faça o corpo. Para a cabeça, use e abuse de dobraduras. Enfeite com desenhos.



Fonte: http://ateliemundodalua.blogspot.com.br/2010/10/dedoches-de-origami.html
6 De tirinha Enrole uma tirinha de papel, por onde passe seu dedo. Depois, cole-a atrás de uma foto ou desenho.


Fonte: http://www.jardimdaboanova.com.br/2012/08/a-arca-de-noe.html
*************
*************

Vídeo do Professor Sassá - YOUTUBE - Dedoche de Lápis

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Festa e música Junina

Post em 26/06/2013
Fonte de pesquisa acesso em 26/06/2013
http://alecrimbrasil.org/FestaJunina.htm



Origem da Festa Junina:

Antes de Cristo já existia a tradição de festejar o início da colheita em junho. Desde os tempos pagãos, a data é comemorada com fogueira, dança, música e comida.  A partir do século VI os cristãos passaram a celebrar o aniversário de São João. No séc. XIII os portugueses incluíram São Pedro e São João. Desde 1583 a data é comemorada no Brasil.
Quando a corte real portuguesa se mudou para o Brasil, no séc. IXX, trouxe uma dança francesa, somente praticada pela aristocracia europeia. Ela se chama quadrilha, e se tornou popular entre os camponeses do Brasil. E passou a ser dançada em homenagem aos santos juninos (Santo Antônio,São João e São Pedro) para agradecer as boas colheitas da roça. O homem do campo normalmente é muito devoto e religioso. Ela é dançada por um número par de casais e comandada por um marcador, que orienta os casais, usando palavras afrancesadas, aportuguesadas, e acrescida de temática campestre. A festa junina é comemorada em todo o país. As mais famosas são as nordestinas.
No Brasil, o mês de junho é marcado pelas fogueiras, que servem como centro para a famosa dança de quadrilha. Fios de bandeirinhas coloridas em forma de triângulo decoram o ambiente, há muitas brincadeiras, música e comida típica.

Música Junina:
A música tocada nas festas, vem do nordeste do Brasil. Ela se chama forró e utiliza a sanfona, zabumba, pandeiro e o triângulo como instrumentos principais. Os versos cantados ( sobre o cotidiano, experiências pessoais, e desafios orais de improviso) derivam diretamente da cultura popular da península ibérica e da França, dos trovadores medievais. O ritmo possui influências árabe, indígena, africana e se assemelha muito com o que era tocado no sudoeste da França, como também a dança dos casais coladinhos, dos bailes populares franceses, de décadas atrás . O Brasil assimila muito bem os elementos culturais estrangeiros, reinventando-os e enriquecendo-os. Hoje em dia o forró serve de referência e de resgate cultural, para os países que outrora lhe serviram de influência.
Texto de Katcha Donida Osório

sábado, 22 de junho de 2013

Músicas para alegrar a festa junina

CANÇÕES FOLCLÓRICAS PARA FESTA JUNINA
CAPELINHA DE MELÃO
autor: João de Barros e Adalberto Ribeiro

Capelinha de melão
é de São João.
É de cravo, é de rosa, é de manjericão.

São João está dormindo,
não me ouve não.
Acordai, acordai, acordai, João.

Atirei rosas pelo caminho.
A ventania veio e levou.
Tu me fizeste com seus espinhos uma coroa de flor.
__________________________________________

PEDRO, ANTÔNIO E JOÃO
autor: Benedito Lacerda e Oswaldo Santiago

Com a filha de João
Antônio ia se casar,
mas Pedro fugiu com a noiva
na hora de ir pro altar.

A fogueira está queimando,
o balão está subindo,
Antônio estava chorando
e Pedro estava fugindo.

E no fim dessa história,
ao apagar-se a fogueira,
João consolava Antônio,
que caiu na bebedeira.
__________________________________________
BALÃOZINHO 

Venha cá, meu balãozinho.
Diga aonde você vai.
Vou subindo, vou pra longe, vou pra casa dos meus pais.

Ah, ah, ah, mas que bobagem.
Nunca vi balão ter pai.
Fique quieto neste canto, e daí você não sai.

Toda mata pega fogo.
Passarinhos vão morrer.
Se cair em nossas matas, o que pode acontecer.
Já estou arrependido.
Quanto mal faz um balão.
Ficarei bem quietinho, amarrado num cordão.
__________________________________________
SONHO DE PAPEL
autor: Carlos Braga e Alberto Ribeiro

O balão vai subindo, vem caindo a garoa.
O céu é tão lindo e a noite é tão boa.
São João, São João!
Acende a fogueira no meu coração.

Sonho de papel a girar na escuridão
soltei em seu louvor no sonho multicor.
Oh! Meu São João.

Meu balão azul foi subindo devagar
O vento que soprou meu sonho carregou.
Nem vai mais voltar. 
__________________________________________

PULA A FOGUEIRA
autor: João B. Filho

Pula a fogueira Iaiá,
pula a fogueira Ioiô.
Cuidado para não se queimar.
Olha que a fogueira já queimou o meu amor.

Nesta noite de festança
todos caem na dança
alegrando o coração.
Foguetes, cantos e troca na cidade e na roça
em louvor a São João.

Nesta noite de folguedo
todos brincam sem medo
a soltar seu pistolão.
Morena flor do sertão, quero saber se tu és
dona do meu coração.
__________________________________________
CAI, CAI, BALÃO

Cai, cai, balão.


Cai, cai, balão.
Aqui na minha mão.
Não vou lá, não vou lá, não vou lá.
Tenho medo de apanhar.
__________________________________________
Isto é Lá Com Santo Antônio
Autor: Lamartine Babo

Eu pedi numa oração
Ao querido São João
Que me desse um matrimônio
São João disse que não!
São João disse que não!
Isto é lá com Santo Antônio!
Eu pedi numa oração
Ao querido São João
Que me desse um matrimônio
Matrimônio! Matrimônio!
Isto é lá com Santo Antônio!
Implorei a São João
Desse ao menos um cartão
Que eu levava a Santo Antônio
São João ficou zangado
São João só dá cartão
Com direito a batizado
Implorei a São João
Desse ao menos um cartão
Que eu levava a Santo Antônio
Matrimônio! Matrimônio!
Isso é lá com Santo Antônio!
São João não me atendendo
A São Pedro fui correndo
Nos portões do paraíso
Disse o velho num sorriso:
Minha gente, eu sou chaveiro!
Nunca fui casamenteiro!
São João não me atendendo
A São Pedro fui correndo
Nos portões do paraíso
Matrimônio! Matrimônio!
Isso é lá com Santo Antônio
__________________________________________
Noites de junho
Autor: João de Barro e Alberto Ribeiro

Noite fria, tão fria de junho
Os balões para o céu vão subindo
Entre as nuvens aos poucos sumindo
Envoltos num tênue véu
Os balões devem ser com certeza
As estrelas aqui desse mundo
As estrelas do espaço profundo
São os balões lá do céu
Balão do meu sonho dourado
Subiste enfeitado, cheinho de luz
Depois as crianças tascaram
Rasgaram teu bojo de listas azuis
E tu que invejando as estrelas
Sonhavas ao vê-las ser astro no céu
Hoje, balão apagado, acabas rasgado
Em trapos ao léu.
__________________________________________
Olha Pro Céu Meu Amor
Autores: José Fernandes e Luiz Gonzaga

Olha pro céu meu amor
Veja como ele está lindo
Olha pra'quele balão multicor
Que lá no céu vai sumindo

Foi numa noite
Igual a esta
Que tu me deste
O teu coração
O céu estava
Todinho em festa
Pois era noite de São João
Havia balões no ar
Xote e baião no salão
E no terreiro o seu olhar
Que incendiou meu coração

***********************
Acesso em 22/06/2013
JBDuquia



quarta-feira, 12 de junho de 2013

Dicas de sites:
JBDuquia
Na revista escola você encontra jogos e brincadeiras vale conferir

JOGO DE MEMÓRIA
As crianças desenvolvem estratégias de memorização neste divertido jogo de cartas. Em jogos de memória, os pequenos estabelecem relações entre imagens e posição no tabuleiro. Apresentamos aqui três tipos de baralhos (pegada de animais, formas geométricas ou contos de fada) e o desafio é organizar as cartas para, depois, conseguir localizar cada uma delas.

Além de jogos para Educação Infantil, existem muitos outros jogos educativos, você pode conferir nos links abaixo:

http://revistaescola.abril.com.br/educacao-infantil/4-a-6-anos/jogo-memoria-599493.shtml
http://revistaescola.abril.com.br/jogos/
http://revistaescola.abril.com.br/jogos-brincadeiras/
****************
****************
Outro
MAPA DO BRINCAR
Aqui neste site você encontra brincadeiras por categoria e por regiões
http://www1.folha.uol.com.br/folha/treinamento/mapadobrincar/

Aqui os mestres falam sobre a importância de brincar
http://www1.folha.uol.com.br/folha/treinamento/mapadobrincar/

LETRA DE CANTIGAS

Alecrim, Alecrim dourado
Que nasceu no campo
Sem ser semeado
Foi meu amor
Quem me disse assim
Que a flor do campo
É o alecrim
Veja mais cantigas.
Mais em: http://www.qdivertido.com.br/vercantiga.php?codigo=40#ixzz2W1xB2BBT